Ana Cosme

Iniciou os seus estudos musicais no Círculo de Cultura Musical Bombarralense.

Estudou com José Carlos Xavier na Escola de Música do Conservatório Nacional, com Ana Paula Russo, e com Elsa Saque e Sílvia Mateus na Escola Superior de Música de Lisboa, onde obteve a Licenciatura, tendo continuado a aperfeiçoar-se com a cantora Sílvia Mateus.

É membro do Coro do Teatro Nacional de S. Carlos.

Como solista, participou na Cantata “O Conquistador“ de Jorge Salgueiro, na “Misa Cubana” de José Maria Vitier, “Stabat Mater“ de Pergolesi e “Requiem” de Fauré.

Em recital, apresentou-se com os pianistas Anna Tomasik, Nuno Lopes, Francisco Sassetti, Nuno Vieira de Almeida e João Paulo Santos.

Integrou o elenco das óperas: “Die Lustige Vitwe” de Léhar, “A Raposinha Matreira” de Janácek, “Albert Herring” de Britten, “O Achamento do Brasil” de Jorge Salgueiro, “Orpheu e Eurídice” de Gluck, “A Vingança da Cigana” de Leal Moreira, “Bataclan” de Offenbach, “A Bela Adormecida” de Respighi, “As Bodas de Fígaro” de Mozart e “Kátìa Kabanová” de Janácek.

Participou ainda, como solista, nos Concertos ao Largo do Teatro Nacional de S. Carlos, com a Banda Sinfónica da Guarda Nacional Republicana. Com a Orquestra de Câmara da mesma instituição apresentou-se já em vários concertos.

Voltar